Propostas de audiências públicas são reprovadas por vereadores

Propostas de audiências públicas que discutiriam a implantação da guarda municipal em João Monlevade e a concessão de água gratuita a famílias carentes foram derrubadas pelo Plenário da Câmara de Vereadores, nessa  quarta-feira (17). A reprovação mostra a união da base governista.

O requerimento para audiência da guarda municipal é dos vereadores  Carlos Robert Lopes (pastor Carlinhos -MDB) e do petista  Belmar Diniz. Com  votação empatada, o presidente da Casa, Leles Pontes (PRB) desempatou votando contrário.  A segunda proposta, que também é de autoria de pastor Carlinhos e Belmar, junto com Guilherme Nasser (PSDB), foi reprovada com oito votos contrários.

Os projetos da Taxa Mínima e da Guarda Municipal são de autoria da prefeita Simone Moreira (PSDB) e já tramitam na Câmara Municipal. Com  recesso parlamentar, as matérias só entram em votação no segundo semestre. A aprovação das propostas deve ser apertada.

 

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui