Parte da arma de fogo caiu dentro do carro da vítima. Fotos: Atila Lemos

Uma quadrilha que vem aterrorizando os moradores e motoristas que passam pela região do bairro Pedreira do Instituto, em Itabira, aprontou mais uma vez. Um dos marginais atirou em carro que tinha uma criança de apenas dois anos e dez meses, enquanto isso o restante da quadrilha assaltava 15 moradores do bairro que estavam no interior de um ônibus coletivo.

Anúncios

O crime foi por volta das 21h dessa quarta-feira (31).

Continue lendo após o anúncio

Inicialmente o alvo da quadrilha, formada por cerca de cinco criminosos, seria o coletivo que passava por um quebra-molas na MGC-120, próximo da subestação da Cemig.

Eles renderam o motorista do ônibus e o obrigaram a parar o veículo e apagar todos os faróis. Neste momento eles renderam todos os passageiros e roubaram seus pertences. Dois bandidos armados que davam cobertura na rodovia, perceberam quando dois carros saíram do bairro e seguiam sentido ao bairro Campestre. Quando o primeiro veículo se aproximou o motorista, percebendo que era um assalto, acelerou. Com isso um dos criminosos acabou efetuando um disparo de arma de fogo, de fabricação artesanal, atingindo a porta e coluna do veículo.

Em seguida o motorista do carro que vinha logo atrás, também percebendo que se tratava de um assalto, também acelerou e foram efetuados novos disparos. No veículo, além do condutor, estava a esposa, uma amiga da família e a filha do casal de apenas dois anos e dez meses. As vítimas voltavam de um culto. Eles acionaram a Polícia Militar, que esteve no local, mas os criminosos já haviam escapado. Um pedaço da arma utilizada por um dos bandidos caiu dentro de um dos carros e foi apreendido.

Foi realizado intenso rastreamento, mas nenhum suspeito foi preso.

Fotos: Atila Lemos

 

Anúncios
Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui