Armas e drogas foram encontradas com marginais

Dois homens de 20 e 21 anos e dois adolescentes de 14 e 16 anos, foram detidos pela Polícia Militar de João Monlevade, por volta das 21h25 de ontem (29). Os quatro são suspeitos de roubar o vigia do posto de saúde do bairro Loanda.

Segundo a ocorrência policial, o vigia do posto contou que foi rendido e teve as mãos amarradas pelos marginais, que também roubaram dele um celular, R$ 150,00, a carteira e documentos pessoais e o seu carro.

Veículo recuperado na operação

Após rastreamento, a guarnição policial avistou o veículo roubado e deu ordem de parada, que foi ignorada. O condutor do carro, de 21 anos, continuou a fuga e em determinado momento perdeu o controle da direção e subiu numa calçada. Dois ocupantes tentaram fugir e o motorista apontou um revólver em direção aos policiais.

Segundo os militares, o jovem acionou o gatilho por diversas vezes e, para repelir a agressão foram efetuados disparos de arma de fogo por parte da equipe policial. O marginal conseguiu fugir e deixou para trás um revólver calibre 38 com quatro das cinco munições picotadas.

Em sentido contrário, um dos adolescentes apreendidos, de 14 anos, desceu do veículo em posse de uma garrucha e também apontando para os militares, os quais efetuaram disparos de arma de fogo. Em seguida, após dispensar a arma, o adolescente tentou agredir fisicamente os militares, sendo contido e algemado.

Os outros dois ocupantes tentaram esconder uma embalagem plástica contendo 26 pedras de crack e quatro buchas de maconha. Os indivíduos foram levados para a delegacia.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui