Quarto suspeito de participar de morte de irmãos é preso pela PM

A Polícia Militar prendeu mais um homem suspeito de participar do latrocínio (roubo seguido de morte) dos irmãos Genésio Anastácio de Oliveira, 73, e Daniel Apolônio de Oliveira, de 63 anos.

O suspeito, conforme informações compartilhadas pela polícia, é um homem de 27 anos. Ele estava foragido desde o crime, ocorrido em 20 de maio, no distrito de Santana do Alfié, em São Domingos do Prata.

A prisão do homem ocorreu nesta segunda-feira (29), na cidade de Nova Era, quando ele seguia para sacar o Auxílio Emergencial. O benefício é oferecido pelo Governo Federal. Os policiais chegaram até o suspeito após receberem uma denúncia.

Ao ser abordado, o homem forneceu nome falso aos militares. Desconfiados, os policiais foram até o pelotão para checarem mais informações sobre o suspeito e acabaram descobrindo a sua verdadeira identidade, além de constatarem que havia um mandado de prisão em aberto contra o abordado.

Os militares descobriram que suspeito do latrocínio chegou à cidade de Nova Era em uma bicicleta. O transporte foi furtado de um parente e tinha sido deixado próximo à rodoviária da cidade. O abordado afirmou aos policiais que na madrugada de hoje teria ido até a cidade para receber o benefício do governo federal. Ele foi preso e levado para a Delegacia de Polícia.

Casa em que os irmãos moravam

O crime

Os irmãos foram mortos com golpes de facão e foice. Depois, os bandidos colocaram fogo na casa em que eles moravam para dificultar os trabalhos da polícia. Os corpos das vítimas foram localizados no meio de escombros. Conforme apurações policiais, os irmãos foram abordados por quatro homens. Pouco depois do crime, três deles foram presos e confessaram o latrocínio. O quarto suspeito conseguiu fugir.

 

Publicidade

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui