Quase 2,6 toneladas de drogas são incineradas

Entre as substâncias descartadas estão maconha (a maior parte), cocaína, êxtase, LSD e crack

Em duas ações recentes, a Polícia Civil incinerou 2,58 toneladas de drogas apreendidas na área da Delegacia Regional em Pouso Alegre e em Lavras, Sul de Minas. A incineração, conforme previsão legal, ocorreu após concluídos os trabalhos periciais pertinentes e com autorização da Justiça.
Pouso Alegre

Foram incineradas 2,5 toneladas de drogas, incluindo maconha (a maior parte), cocaína, êxtase, LSD e crack. A Delegada Stela Pires Reis conta que as substâncias foram apreendidas em diversas operações da Polícia Civil e da Polícia Rodoviária Federal. “Nós estávamos com uma grande quantidade que foi apreendida na rodovia Fernão Dias, além de apreensões que são resultados de outras investigações”, explica.

A incineração foi realizada em uma fábrica na cidade de Extrema, a qual possui fornos com grande capacidade de volume e temperaturas que chegavam a 1.500ºC.

Lavras

O montante foi de 80 quilos de entorpecentes incinerados, sendo que a quantidade mais expressiva era de maconha, o equivalente a 70 quilos. De acordo com o Delegado Alexandre Rezende Vieira, as drogas foram apreendidas em operações policiais realizadas em Lavras, nos últimos três meses. Ele ressalta que a destruição garante mais segurança, principalmente quanto a eventual tentativa de recuperação das substâncias apreendidas por parte de criminosos.

A incineração ocorreu em um fábrica do município de Ijaci.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui