Garantir uma verba maior no orçamento é o sonho de muita gente. Principalmente em época de isolamento social, causado pela pandemia do novo coronavírus, é importante ter uma quantia reservada. Afinal, as dinâmicas de consumo e interações tem passado por transformações diariamente.

Diversos tipos de serviços e setores da economia tiveram que se adaptar ao novo formato estabelecido na sociedade e como, as vezes, essas mudanças podem exercer impactos na vida do consumidor, é preciso ter um olhar mais detalhista em relação as suas finanças. Porém, em alguns casos, a ânsia por uma alternativa rápida para garantir dinheiro acaba fazendo com que pessoas caiam em golpes pela internet. Por tanto, tenha cuidado. Se você deseja obter crédito consignado, seja por meio de um empréstimo online ou em ambiente físico, deve estar atento.

Com muitas ofertas de crédito pela em ambiente virtual é preciso conferir as medidas de segurança necessária para fechar este tipo de negócio. Sendo assim, separamos uma lista com quatro dicas de como evitar os principais golpes do mercado. Além disso, você pode acessar o site do Grupo AMP para ter mais informações.

1 – Não forneça seus dados para estranhos

Evite entregar documentos e informações pessoais para perfis totalmente desconhecido. Além disso, na hora de fazer uma simulação de empréstimo online, opte por sites confiáveis e com conhecimento no mercado.

Essas são algumas maneiras de evitar a falsificação de documentos, que podem ocorrer desde os mais simples como RG ou CPF, até certidões e contracheques. A cada dia, esse tipo de golpe tem ficado mais convincente e a fraude de informações pessoais acaba favorecendo a contratação de empréstimos consignados por pessoas com intensões questionáveis.

Tenha sempre em mente que em casos de perda ou furto de documentos, você realizar um boletim de ocorrência. Outro procedimento interessante é informar os Órgãos de Proteção ao Crédito (como SPC e Serasa).

2- Proteja sua assinatura

Pode parecer obvio dizer que é preciso ler todos os documentos antes de assinar e jamais assinar aquilo que desconhece. No entanto, não custa lembrar, já que o número de golpes envolvendo falsificação de assinaturas não para de crescer.

Como alternativa para deixar seus clientes mais seguros, os bancos tem adotado assinaturas digitais neste tipo de operação, o que previne bastante e permite mais agilidade. Mas, ainda assim, você deve prestar atenção antes de assinar qualquer tipo de documento.

3 – Não assine contratos em branco

Se o contrato estiver em branco, não assine! A assinatura de um documento é a garantia de que você concorda com o que está escrito no contrato, então é preciso que todos os detalhes do serviço que está solicitando estejam descritos. Dessa forma, deve ler atentamente cada linha. Ou seja, caso o documento já venha preenchido, observe todas as informações e confira os valores e condições apresentados. Não tenha pressa nessa etapa.

Embora seja uma etapa muito simples, em eventuais problemas, é ela que garante que tudo saia conforme o combinado. A proposta ou contrato de empréstimo online deve ser preenchido com os dados do solicitante e da transação e conter detalhes, como o valor total do empréstimo, valor das parcelas, prazos de pagamento e taxas de juros.

4 – Esteja atento a solicitação de senhas

Golpes acontecem o tempo inteiro, por isso se prevenir nunca é demais. Em relação as senhas, preserve-as. Em hipótese alguma libere senha de bancos ou de outros serviços pessoais para pessoas que você não conhece. Caso seja necessário, acesse as informações solicitadas e disponibilize ao solicitante. Mas se surgirem dúvidas, peça instruções de como proceder direto ao banco ou ao site de confiança que está realizando todo o seu auxílio financeiro.

Geralmente, em empréstimos consignados, a instituição financeira pede documentos básicos como RG, CPF, comprovante de endereço e comprovante de renda, mas não informações de senha de uso pessoal.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui