Rastreadores ajudam PRF a prender autor de furto de equipamentos na Serra do Seara

Os equipamentos furtados possuíam rastreadores que ajudaram na prisão de um dos envolvidos

EXCLUSIVO:

Produtos furtados da empresa Vale que estavam instalados na Serra do Seara, em João Monlevade, foram recuperados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), por volta das 09h10 da manhã do último sábado (25), durante uma operação no km 452 da BR-381, em Sabará.

Segundo a PRF os equipamentos furtados possuíam rastreadores e vinham sendo monitorados pela empresa no trajeto feito pelos bandidos ao longo da rodovia federal.

De posse das informações foi montada uma operação em frente ao posto de fiscalização. Os criminosos estavam em um veículo GM/Corsa e momento que o condutor percebeu que seria abordado tentou retornar pela rodovia. Neste momento o comparsa dele, que viajava no banco do carona, desceu do veículo e fugiu entrando em um terreno acidentado e com vegetal alta e não foi localizado.

O condutor foi preso em flagrante e levado ao posto de fiscalização da PRF. Durante buscas no carro foram encontradas no porta malas, duas câmeras de segurança, vários cabos de diâmetros diferentes, duas alavancas e dois arcos de serra que foram utilizados para arrombar o local.

Segundo a PRF o homem detido confessou o crime e disse ainda que eles iniciaram o furto por volta de 01h da madrugada de sexta para sábado e que não tiveram dificuldade em retirar os objetos porque não haviam vigias no local.  Disse também que praticou o furto na companhia do outro homem que evadiu durante a operação e que, durante o trajeto, devido ao peso dos equipamentos furtados, o carro teria apresentado problemas e tiveram que parar por duas vezes em borracharias para fazer reparos nos pneus. Também por causa de problemas com o veículo, a dupla teria dispensado baterias furtadas ao logo da rodovia. Através do sistema de rastreamento a empresa Vale conseguiu localizar os locais onde as 14 baterias estavam abandonadas e as resgataram.

Segundo a PRF o homem detido possui passagem na polícia por furto e estava em liberdade condicional. O carro utilizado no crime estava em nome dele e com a documentação irregular e, por isso, foi apreendido.

A polícia vai investigar se os dois homens teriam participação em vários outros furtos ocorridos no início da semana passada, também na Serra do Seara quando foram furtados diversos equipamentos e cabos de empresas de telefonia, da polícia, Rádios e TVs, instaladas no local.

 

Publicidade

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui