Reboco desprende do teto e atinge crianças em escola de João Monlevade

Sala de aula foi interditada após queda de parte do teto

Duas crianças ficaram feridas levemente depois que parte do teto de uma sala de aula da Escola Municipal Cicinha de Moura se desprendeu e caiu. O fato aconteceu nesta semana e os alunos foram imediatamente socorridos e receberam atendimento médico. A sala de aula e outras que ficam ao lado dele foram interditadas.

O vereador Belmar Diniz (PT) foi quem tornou o assunto público ao comentar sobre a fatalidade durante a reunião da última quarta-feira (5) na Câmara Municipal. O parlamentar atestou que esteve na escola e que não há explicação para o desprendimento do bloco de cimento. “É um fato inexplicável. As crianças foram prontamente atendidas e as salas isoladas”, disse.

Além do problema da queda do reboco, Belmar alertou que pombos invadiram a quadra da escola e devido ao grande número de animais o local foi interditado. “è uma questão muito perigosa, pois sabemos que as aves transmitem doenças”, comentou.

O vereador peesedebista, Guilherme Nasser, também falou sobre o assunto e disse que foi informado que a administração municipal faz o levantamento de custos para tapar a quadra com telas. A obra fica em torno de R$ 120 mil, segundo o parlamentara. “Tão logo seja levantado o recurso, a obra será realizada. Quanto às salas de aula, a prefeitura fará o reparo para que os alunos não fiquem prejudicados e nas férias do mês de julho os remates, como pintura”, explicou Nasser.

 

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui