Reforma da Previdência deve ser aprovada com folga, diz Alcolumbre

O presidente Jair Bolsonaro e o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, afirmou que a Reforma da Previdência deve ser aprovada com mais de 60 votos favoráveis, um placar com folga, já que são necessários 49.

De acordo com ele, a matéria será apreciada pelo plenário da casa a partir das quatro da tarde desta terça-feira, depois que o relatório do senador Tasso Jereissati  for votado na comissão de constituição e justiça, pela manhã.

O presidente do senado espera também concluir a votação em segundo turno,  na semana que vem. Alcolumbre esteve nesta segunda-feira na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), no Rio de Janeiro, para ouvir a entidade sobre a proposta legislativa que pode regulamentar a transformação dos times de futebol em empresas, em vez de associações sem fins lucrativos.

A CBF é a favor,  desde que a mudança não seja uma imposição, conforme declarou o presidente da entidade Rogério Caboclo .

A medida ainda está sendo discutida na Câmara dos Deputados, mas Alcolumbre afirmou que pretende se adiantar, discutindo também com os clubes de futebol, antes que ela chegue pra apreciação do senado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui