Regional de Saúde de Itabira discute ações de controle da Febre Amarela

A Regional de Saúde de Itabira realizou nesta quinta-feira (25), uma reunião com gestores municipais de saúde, profissionais de saúde da região, técnicos das áreas temáticas de Vigilância em Saúde e de Atenção Primária da Regional para discutir ações de controle da Febre Amarela na região. Estiverem presentes 98 participantes, dentre eles o Diretor Regional de Saúde, Alexandre de Faria Martins da Costa, o Subsecretário de Políticas e Ações de Saúde, Homero Cláudio Rocha Souza Filho e equipe da SES-MG formada por Lara Valadares, Daniela Campos e Aline Costa.

Com mais de duas horas de duração, Alexandre Martins da Costa iniciou a reunião solicitando a ação e o compromisso de todos em suas respectivas áreas de atuação no trabalho de controle da Febre Amarela em cada município. “É preciso que o nosso trabalho esteja integrado, buscando esclarecer a população sobre a doença e disponibilizando a vacina em tempo hábil. Este encontro objetiva diminuir as dúvidas em relação à doença e requer de todos nós união no enfrentamento da Febre Amarela e das epizootias. Realizar a busca ativa dos usuários não vacinados e notificar os casos suspeitos urgentemente é extremamente necessário”, argumentou.

O subsecretário Homero Cláudio Souza disse que a preocupação do Estado é a de manter em sinal de alerta e vigilância as ações de controle até que não haja mais casos suspeitos ou confirmados de Febre Amarela, uma doença que pode ser controlada com o empenho e a orientação das equipes de saúde à população. ‘’É fundamental a avaliação do cartão de vacina da população, protegendo aqueles que não receberam a vacina e avaliando os casos daqueles que não se lembram de tê-la tomado ou não têm registro dessa aplicação”, explicou.

Homero Souza afirmou que a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais tem trabalhado em regime de plantão nos fins de semana para auxiliar os municípios mineiros no que for necessário. Ele esclareceu que aqueles que já receberam uma dose da vacina estão imunizados contra a Febre Amarela segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), e que não importa em que momento tenham sido imunizados.

“Por orientação e recomendação do Governador Fernando Pimentel e do Secretário de Estado de Saúde, Sávio Souza Cruz, estamos visitando o território mineiro para articular as ações de controle solicitando aos municípios que intensifiquem a vacinação, a mais eficaz medida de prevenção contra a Febre Amarela, observando que Minas aplicará a dose integral da vacina. Os índices de cobertura vacinal já estão aumentando e a SES-MG está disponibilizando vacinas, insumos e orientações básicas para que nossa população esteja totalmente protegida”, finalizou o Subsecretário.

A Regional de Saúde de Itabira, unidade descentralizada da Secretaria Estadual de Saúde, é a responsável pelo controle e distribuição da vacina nos 29 municípios sob sua assistência e mantém sob vigilância os casos suspeitos e o acompanhamento sistemático da imunização em toda a região.

No sentido de orientar a população a Coordenadora de Vigilância em Saúde, Kadija Ataíde Soares, recomendou que “a qualquer sinal de febre alta, mal-estar e dores no corpo a população deve procurar imediatamente os nossos serviços de saúde. Caso sejam encontrados macacos mortos na região, que este fato seja comunicado à vigilância da Regional para que sejam tomadas as providências cabíveis”, alertou.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui