Regra de cobrança de tarifa por bagagem entra em vigor nesta quinta

Para a bagagem de mão fica valendo a regra em vigor desde dezembro, de até 10 quilos

Quem quiser garantir a viagem de férias, sem dúvidas sobre o pagamento a mais pela bagagem despachada, deverá comprar suas passagens até esta quarta-feira (17).

A partir desta quinta-feira (18), passa a valer a resolução da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) que permite as companhias aéreas cobrar pelo despacho de bagagem dos passageiros.

Para a bagagem de mão fica valendo a regra em vigor desde dezembro, de até 10 quilos.

O procurador federal Felipe Cavalcanti, que há pouco mais de um ano teve a família aumentada com a chegada do pequeno Otto, precisou se programar com antecedência para não correr risco de pagar mais pelas férias do meio do ano.

Quem não conseguiu se antecipar terá que pesquisar como cada companhia aérea vai fixar as novas regras, para não ter prejuízo.

A Gol vai criar uma nova classe tarifária, a partir de 20 de junho, para os clientes que não despacharem bagagem. A empresa não informou a média de redução de preço nas passagens para a nova categoria.

A Latam vai alterar as quantidades de peças e pesos permitidos por bagagem despachada. Por enquanto, não haverá custos adicionais.

A Azul cobrará 30% mais barato, a partir de 1º de julho, para passageiros sem franquia de bagagem, inicialmente, só para clientes que partirem de Viracopos. Será cobrada a taxa de R$ 30 por bagagem despachada até 23 quilos. Acima disso, a Azul cobrará o valor atual, para quilo excedente.

A Avianca informou que não cobrará por despacho de bagagens, por enquanto.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui