Tramita na Câmara de Vereadores de João Monlevade o projeto de lei 965/2017, que prevê parceria entre a administração pública e empresas da construção civil, para que os resíduos de obras possam ser reaproveitados. A intenção é usar os detritos, principalmente os de concretos, para reparos de passeios no município.

O vereador Geraldo Antônio Marcelino (Tonhão –PPS), autor do projeto, justifica a iniciativa. “Essa parceria reduzirá a quantidade de resíduos em aterros sanitários, lixões e aterros clandestinos, evitará desperdícios (…) e contribuirá para o bem comum – sustentabilidade, infraestrutura da cidade principalmente economia para o município de João Monlevade”, escreveu na argumentação da matéria.

O projeto precisa passar pela análise das comissões temáticas da Câmara antes de ser submetido à votação dos vereadores em Plenário. Caso aprovado, a sua aplicação depende da sanção da prefeita Simone Carvalho (PSDB).

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui