Reunião celebra parceria entre usina e produtores de carvão de Itabira

Os produtores poderão fornecer o carvão mediante contrato de vinculação com a usina

Produtores de carvão do município reuniram-se, nessa quarta-feira (28), na sede do Sindicato Rural de Itabira, para debaterem com os representantes da Usina Siderúrgica Atlas o fornecimento de carvão produzidos na cidade para a empresa. O carvão será utilizado na produção de ferro gusa – primeira de duas etapas da fabricação do aço.

Anúncios

Serão necessários quase 1000 m³ de carvão diariamente para a fabricação. A proposta da empresa é utilizar a maioria da matéria-prima, da cidade, bem como a contratação de funcionários para manufatura.

Continue lendo após o anúncio

“Temos um acordo entre a Usina e a Prefeitura que é de suprir essa demanda da cidade na contratação dos itabiranos, como mão de obra, e na utilização do carvão produzido aqui em nossa manufatura”, declarou o gerente florestal, Luiz Fernando Nunes.

O produtor José Felipe celebrou a notícia e ressaltou a importância do acordo firmado. “Para nós é ótimo a chegada dessa empresa. Mais empregos, mais lugares para entregarmos nosso carvão. A entrega fica mais fácil, pois para nós é mais perto. Então, é muito bom. Seja bem-vinda a empresa”, comemorou.

De acordo com o diretor de Tecnologia e Agronegócios da Prefeitura, Sérgio Amaral, essa parceria entre a Usina Atlas e a Prefeitura é a oportunidade para fomentar a economia da cidade. “A preocupação é com os produtores rurais; o aumento de recursos para o município – que é gerado pelos impostos pagos pela empresa, e principalmente a geração de emprego, ou seja, a contratação de mão de obra itabirana. Estamos trabalhando intensamente para que isso aconteça da melhor forma. Esse é o grande objetivo, buscar esses produtores e criar uma cultura voltada para atender a demanda da empresa”, disse.

Os produtores poderão fornecer o carvão mediante contrato de vinculação com a usina. Esse contrato exige, por exemplo, certidão de registro do imóvel e licença ambiental.

Anúncios
Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui