Rio Vivo vai ajudar na implantação de ações ambientais em Monlevade

Assim como já ocorreu em Catas Altas (foto), as famílias da área rural de João Monlevade devem assinar um termo de adesão para participarem do projeto Rio Vivo

Nesta quinta-feira (18) será realizada a primeira reunião do Projeto Rio Vivo. O encontro será na Igreja de Santa Rita de Pacas e contará com a participação da comunidade, técnicos da Prefeitura, Funec de Caratinga, Comitês de Bacia Hidrográfica dos Rio Piracicaba e Doce e representantes do Instituto BioAtlântica.

Na oportunidade, as famílias da área rural devem assinar um termo de adesão para participarem do projeto Rio Vivo desenvolvido pelo Comitê da Bacia do Rio Piracicaba (da qual o município faz parte) através do Instituto BioAtlântico (Ibio). O projeto tem o objetivo de melhorar os recursos hídricos nos municípios participantes da Microbacia do Rio Piracicaba. Entre as ações desenvolvidas estão cercamento de nascente, barraginhas, implantação de fossas sépticas, programa de controle de sedimentos e de recuperação de áreas de preservação permanente.

Conforme a secretária de Meio Ambiente de João Monlevade, Fernanda Ávila, o projeto Rio Vivo trará muitos benefícios para o município, uma vez que, com a realização dessas ações nas propriedades contempladas, será possível aumentar a vazão dos cursos d’água devido à proteção das nascentes e à construção de bacias de contenção de água das chuvas e também devido à melhoria da qualidade das águas com a retirada e tratamento do esgoto nas áreas rurais.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui