Neste sábado (17) é o dia D de vacinação contra a poliomielite para crianças de até cinco anos de idade. A meta do Ministério da Saúde é imunizar 95% desse público, estimado em 11,2 milhões de pessoas. Também haverá multivacinação para Crianças e adolescentes com menos de 15 anos, não vacinados ou com esquemas incompletos de qualquer vacina.

O presidente da Sociedade Brasileira de Imunizações, Juarez Cunha, ressalta que, mesmo com a pandemia do novo coronavírus, os pais ou responsáveis devem levar as crianças aos postos de saúde, que adotaram os protocolos sanitários para garantir a segurança de quem comparecer a esses locais.

“Estamos fazendo uma campanha junto com o Unicef e com a Sociedade Brasileira de Pediatria que se chama exatamente ‘Vacinação em dia mesmo na pandemia’. É claro que todos devem respeitar as regras gerais de segurança pra gente tentar se proteger do coronavírus: uso de máscara pelos pais e crianças com mais de dois anos quando forem às unidades de saúde, distanciamento e lavagem de mãos”, falou.

A vacina é a única forma de prevenir a poliomielite, que é contagiosa e pode infectar crianças e adultos. Nos casos mais graves, pode causar paralisias musculares, principalmente dos membros inferiores e até levar à morte. O esquema vacinal contra a doença é composto por três doses de vacina injetável, em bebês de dois, quatro e seis meses, e mais as doses de reforço com a vacina em gotinha.

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e de Multivacinação segue até 30 de outubro.

Publicidade

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui