Samitri adere ao projeto Rede de Vizinhos Protegidos da PM em Rio Piracicaba

O Samitri é o quarto bairro que passa a integrar o Rede de Vizinhos Protegidos na cidade

Moradores do Bairro Louis Ensch (Samitri) oficializaram na noite de ontem (25) adesão ao projeto da Polícia Militar “Rede de Vizinhos Protegidos”. O evento ocorreu na Escola Municipal Murilo Garcia Moreira.

Após reuniões com a presença do comandante do 6º pelotão de Rio Piracicaba, Tenente Júlio César, foram cadastradas 108 pessoas, residentes no bairro, que aderiram ao Rede de Vizinhos Protegidos que receberam as placas.

A Rede de Vizinhos é uma importante ferramenta de prevenção ao crime. É uma organização das pessoas com o objetivo de coibir a ação dos criminosos e garantir a segurança através de estratégicas simples com o apoio da Polícia Militar.

A ideia do projeto é que cada morador será uma espécie de “câmera viva”, ou seja, será os olhos da Polícia Militar naquela localidade e acionando a PM caso seja necessário e proporcionando, também, uma aproximação entre a polícia e a comunidade.

Na prática, os próprios moradores, integrantes do projeto, fazem o monitoramento de ações suspeitas em sua comunidade e relatam as situações em um grupo privado criado no aplicativo Whatsapp. O compartilhamento da atitude suspeita serve de alerta aos vizinhos, prevenindo-os. Ao mesmo tempo, a PM que também faz parte do grupo, inicia as ações e abordagens necessárias para intervir no caso.

O Luis Ensch é o quarto bairro da cidade que passa a integrar ao projeto, que já está em funcionamento nos bairros de Fátima, Cohab e no Distrito de Padre Pinto (Caxambu). A pareceria da Polícia Militar com os moradores da cidade teve início em fevereiro desse ano.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui