Secretário “chorão” ganha pirulito de Tonhão

Na noite dessa quarta-feira (27), o vereador de João Monlevade,  Geraldo Antônio Marcelino (Tonhão – PHS) chamou atenção de quem assistia à reunião semanal da Câmara Municipal ao levar para a tribuna da Casa um pirulito. A  guloseima, conforme o parlamentar, seria um presente para os secretários de Obras, Damião Theodoro; e o de Serviços Urbanos, Rivaldo de Brito.

Tonhão criticava a falta de empenho dos servidores para solução de problemas pontuais na cidade e que eles ficam “chorando” o tempo tempo, lamentando não terem funcionários operacionais suficientes para os trabalhos.

“Secretário chorão. Não tem mão de obra, não tem pessoas para trabalhar, mas dá 80% de gratificação para chefia. É vergonhoso isso. O secretário ao invés de solução para o cidadão fica chorando. Só sabe chorar. Trouxe um pirulito para ele. Secretário tem que ter respeito a esta Casa. Ele só fica no telefone resmungando e chorando. Este vereador não está pedindo nada para ele. Estamos reivindicando para a nossa cidade e nosso povo”, disse enfático o vereador.

A crítica-protesto de Tonhão arrancou gargalhadas da plateia. Entre as obras criticadas por ele está a construção de um muro que cedeu no bairro José Elói devido a chuva.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui