Desde dezembro de 2020 os suspeitos são investigados pelo setor de Inteligência da Polícia Civil. Foto: Arquivo/OP

A Polícia Civil de Minas Gerais, por meio da 4ª Delegacia Regional de Polícia Civil em João Monlevade (4ª DRPC), prendeu na manhã desta terça (13), três pessoas em João Monlevade, suspeitas de integrarem uma quadrilha de assalto a estabelecimento comerciais em João Monlevade. As prisões foram em cumprimento a mandados expedidos pela Justiça, sendo um deles desfavorável a um policial militar. Houve cumprimento ainda a quatro mandados de busca e apreensão. A Operação República é feita em conjunto pelas polícias Civil e Militar.

Leia também:

Segundo a Polícia Civil, desde dezembro de 2020 os suspeitos são investigados pelo setor de Inteligência da Polícia Civil. Conforme investigações, a quadrilha realizava assaltos a estabelecimentos comerciais em João Monlevade, com foco em malotes bancários e cofres. Os autores presos serão ouvidos pela Polícia Civil e depois conduzidos ao Sistema Prisional, local onde permanecerão à disposição da Justiça. O policial militar receberá tratamento específico à sua função.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui