Batida ocorreu no km 400 durante a madrugada. Pelo menos 12 pessoas foram levadas para hospital em Governador Valadares (foto: Reprodução da internet/WhatsApp)

Seis pessoas morreram em acidente envolvendo um ônibus, uma carreta e uma caminhonete. A tragédia foi no fim da noite de ontem (22), na BR-116 em Governador Valadares. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a colisão ocorreu no km 400. Dos 12 feridos, cinco ficaram em estado grave e foram levados para o Hospital Regional de Governador Valadares.

Anúncios

Ainda segundo a polícia, os mortos foram identificados como Ivonete Rocha Rafael, Nerilda Ferraz Gomes, José Maria Gomes Fernandes e a estudante de medicina Riane David de Almeida. As outras duas vítimas não foram identificadas. Os corpos estão no Instituto Médico Legal (IML) do município.

Continue lendo após o anúncio

O acidente interditou completamente a via e mobilizou equipes de resgate. O trânsito foi liberado por volta das 4h.

Conforme a Polícia Rodoviária Federal, a caminhonete envolvida no acidente eram uma L200 e há suspeita de que o motorista estava embriagado, pois foram encontradas latas de cerveja no veículo e testemunhas também disseram que ele dirigia em zigue zague pela via. O condutor sofreu fratura exposta e se encontra em estado grave no hospital.

O ônibus pertencia à Vale Viagens, que fica em Itaobim, no Vale do Jequitinhonha. Segundo informações da empresa, o veículo era fretado e saiu do município às 18h de domingo com destino a Belo Horizonte com 42 ocupantes, contando com os dois motoristas. O acidente teria ocorrido pouco antes da meia-noite.

De acordo com a empresa, as informações repassadas a eles dão conta que a caminhonete seguia no sentido Governador Valadares quando bateu em uma carreta carregada com tubos que vinha no sentido oposto. O caminhoneiro tentou desviar do ônibus, que também estava em direção a Valadares, mas a carga se desprendeu e atingiu o veículo. O motorista não se feriu e conseguiu ligar para a Vale Viagens comunicando o acidente, mas, em estado de choque, também precisou ser socorrido.

A Vale Viagens também informou que os passageiros que não se feriram receberam transporte para Belo Horizonte ou para voltar a Itaobim. Representantes da empresa foram enviados à cidade e já apresentaram a documentação à polícia. Eles também informaram que estão prestando atendimento às famílias das vítimas. (Estado de Minas).

Anúncios
Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui