Sem papas na língua, vereador manda equipe da saúde ir à “merda”

Mesa Diretora da Câmara de São Gonçalo do Rio Abaixo

Clima tenso, insultos e palavras pejorativas marcaram a última reunião da Câmara de Vereadores da cidade de São Gonçalo do Rio Abaixo, realizada na quinta-feira (7). O parlamentar Felipe Silveira Cunha (SD) não poupou sua metralhadora e disparou críticas e ofensas à secretária de Saúde, Carolina Duarte. Ele não perdoou a equipe da gestora e nem mesmo a presidente do Legislativo, Luciana Bicalho (PSDB), que foi interrompida por pelo menos três vezes para ser atacada por seu discurso ácido e sem papas na língua. Com a fala do vereador, a presidente se disse envergonhada e pediu desculpas ao público que assistia à reunião.

Anúncios

A confusão teve início quando Felipe Silveira (foto) argumentou que a secretária Carolina “não sabe trabalhar” e precisa aprender com outra servidora que foi designada para atuar na área administrativa da Saúde. Segundo ele, a gestora da pasta não o atende e, a nova funcionária, tem sido solícita e atenciosa com pedidos dele. “Essa é a diferença de profissionalismo. Aprende a trabalhar, Carol [Carolina Duarte]. Estamos aqui para melhorar a qualidade da cidade e não atrapalhar. O papel de vereador falar o que está acontecendo”, pontuou.

Continue lendo após o anúncio

Após o discurso de Silveira, Luciana Bicalho defendeu a equipe da Saúde e afirmou categoricamente que o mérito dos trabalhos desenvolvido na cidade é do conjunto. Ela enfatizou também que sempre foi bem atendida pela secretária e por todos os servidores da pasta e chamou atenção de Felipe para a questão.

Felipe não gostou das colocações da presidente, subiu o tom do discurso e disparou que ele não “tem que agradecer a secretária por nada”. “Ela não me atende e não tem respostas para nada”, falou. O vereador não poupou palavras pejorativas e continuou a atacar: ““se poupe de chegar até aqui e falar asneiras. Não sou capacho e não tenho rabo preso com nenhum grupo político para você chegar aqui e dizer que eu tenho que agradecer a equipe toda. Vá equipe toda a ‘merda’. Até hoje não tive prova nenhuma que tenho que agradecer aqui na Câmara. Se a equipe toda atende ou baba ovo em sua Excelência, agradeça em seu nome. Não precisa me ensinar a trabalhar. Me poupe de asneiras. Quero que aqueles funcionários que não tem respeito por mim, vão todos a ‘merda’ “, falou.

A presidente Luciana (foto) pediu respeito e se desculpou com a plateia. “Desculpa pelo nível dos debates. É vergonhoso. Falo por mim e não uso dessas palavras para criticar ninguém. Quero ser respeitada”, disse. Mesmo diante do pedido da presidente, Felipe não se calou e continuou as ofensas.

 

Leia também:

Anúncios
Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui