A próxima semana começa com muitas novidades na Rede Minas. Na segunda (15), o olhar poético de sete fotógrafos retrata a dura e triste realidade de quem vive nas ruas.  O contraste da situação é apresentado em “Vida nas ruas”, que ganha espaço nos intervalos da programação da Rede Minas. A série, narrada pelos próprios moradores de rua, chega à emissora pública mineira em uma parceria com a UFMG.

Também, na segunda (15), a Rede Minas dá continuidade à parceria com a Secretaria de Estado de Educação e volta a transmitir o “Se Liga na Educação”. O programa vai ao ar, de segunda a sexta, das 7h30 às 12h30.

Novos programas chegam ao público, na emissora, através de parceria com o Canal Saúde e Fiocruz. Na terça (16), estreia o “Ciência e Letras”, que vai ao ar, semanalmente, às 7h, com debates sobre obras literárias. A primeira atração destaca o tratamento de poliomielite no Brasil. Às quintas, a série “Documentários” preenche as manhãs com temas históricos e contemporâneos sobre políticas de saúde, ciência e educação. Para abrir a programação, no dia 18, o público confere “Controle Social – Histórias das Conferências”.

O mundo do campo também ganha mais espaço na Rede Minas. Aos sábados, é exibido AGEvolution. O programa, em parceria com o Canal Rural, propõe soluções digitais para o agronegócio. A atração vai ao ar aos sábados, às 7h. Também em parceria com Canal Rural, é apresentado o “Manual Pet”, às 8h30, atração dedicada aos amantes de animais de estimação, promovendo informação e conhecimento de técnicas.

O entretenimento não fica de fora das noites de sábado, com documentários. Às 19h30, a emissora exibe filmes em uma parceria com a TV Cultura. Lygia Fagundes Telles, que no próximo mês faz 98 anos, é o destaque da atração do próximo dia 20. O documentário “Lygia, Uma Escritora Brasileira”, de Helio Goldsztejn, traz entrevistas com personalidades, familiares e amigos que convivem com a autora e relembra a trajetória de Lygia por meio do acervo de material da emissora pública paulista.

A primeira série brasileira de ficção bilíngue, em Libras e português, “Crisálida”, ganha espaço na programação aos domingos, às 15h, também em parceria com a TV Cultura. Dividida em quatro episódios, a produção apresenta histórias de jovens surdos que enfrentam os desafios de uma sociedade desenhada apenas para ouvintes. Ao retratar situações familiares, sociais e psicológicas vividas por surdos, a produção cruza narrativas e personagens evidenciando como o contato com a língua de sinais é o agente transformador dos envolvidos num universo visual.

Também aos domingos a Rede Minas exibe Terradois, apresentando discussão de temas e inquietações do mundo pós-moderno, como as novas relações de afeto, das profissões e do mundo digital. O programa é conduzido pela atriz Bete Coelho e o psicanalista Jorge Forbes, às 23h.

Para saber como sintonizar a Rede Minas nas cidades mineiras, basta acessar o link redeminas.tv/comosintonizar. O público também pode acompanhar a programação pelo site da emissora: redeminas.tv.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui