A entidade completa hoje (4), 16 anos e já salvou milhares de vidas

O Serviço Voluntário de Resgate (Sevor), completa hoje (4), 16 anos de fundação salvando vidas e, apesar das dificuldades financeiras, milhares de atendimentos ao logo desse período, foram realizados.

O Sevor, além das BR-381, 262 e rodovias estaduais da região, realiza atendimentos em João Monlevade e cidades vizinhas, 24 horas por dias e o ano todo, com no mínimo, quatro pessoas de plantão.

Anúncios
Continue lendo após o anúncio

A entidade ainda sonha com uma sede própria. A cerca de um ano a Prefeitura de João Monlevade fez a doação de um terreno na avenida Sebastião Simão de Almeida, no bairro Sion para a construção da sede definitiva, mas, por falta de recursos as obras ainda não saíram do papel.

Para o acionamento do Sevor, o cidadão deve ligar no telefone 190 da Polícia Militar ou 192 da Polícia Rodoviária Federal (PRF). E quem quiser ajudar os voluntários na captação de recursos podem usar a conta 111-7, agência 0607, operação 003, na Caixa Econômica Federal ou através do carnê solidário, em que a pessoa escolhe o valor a ser recolhido mensalmente.

Finalidade do Sevor

A principal finalidade da entidade é auxiliar, a nível pré-hospitalar, em situações de emergência ou urgência às vítimas de acidente e/ou mal súbito, dando amparo à sociedade de um modo geral. Colabora com autoridades municipais, estaduais e federais, quando solicitado ao atendimento de acidentes provenientes de rodovia,área urbana ou em casos de calamidade pública.

Atualmente a entidade conta com formação específica de socorristas e que em seu dia-a-dia são profissionais das mais diversas áreas, tais como: vendedores, eletricistas, operários de usinas, músicos, profissionais liberais, representantes comerciais, empresários, comerciantes, técnicos em segurança, bombeiros civis, técnicos de enfermagens, enfermeiros, médicos, entre outros.

Para ingressar no grupo, é necessário que o candidato preencha alguns requisitos, tais como: idade mínima de 18 anos, Ensino Médio completo, comprovante de bons antecedentes emitidos pelas Polícias Civil e/ou Federal, aptidão física e psicológica, seguro de vida.

Todos os voluntários do SEVOR estão sempre passando por capacitação nas áreas de atendimento pré-hospitalar, emergências com produtos perigosos, salvamento em altura, mergulho, salvamento aquático, entre outros. Com as capacitações, alguns dos voluntários já se especializaram e, hoje, são instrutores nas áreas de emergências. Além disso, é mantida uma grade mensal de treinamentos para a nivelação de informações entre os voluntários.

 

Anúncios
Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui