O evento faz parte das ações do Programa Minas Mais Resiliente (MMR), conduzido pela Defesa Civil Estadual

Membros do Serviço Voluntário de Resgate de João Monlevade (sevor) participaram nesta semana da II Câmara Técnica – ‘Proteção e Defesa Civil: construindo comunidades mais resilientes’. O evento foi realizado em Belo Horizonte e promovido pela Vale em parceria com a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil do Estado de Minas Gerais (Cedec/MG).

O encontro reuniu representantes da Defesa Civil Estadual e da Vale, coordenadores municipais de Proteção e Defesa Civil das cidades localizadas nas proximidades das barragens da empresa, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, outras empresas do setor e membros da comunidade.

O evento faz parte do Programa Minas Mais Resiliente (MMR), do Governo do Estado de Minas Gerais. A estratégia tem por finalidade preparar os gestores e a sociedade civil em geral para se tornar cada vez mais preparada para lidar com os desastres de qualquer natureza. O programa está alinhado ao contexto das Políticas Transnacionais da Organização das Nações Unidas (ONU) e desdobra a Política Nacional de Proteção e Defesa Civil em Minas Gerais.

O papel da Proteção e Defesa Civil tem se tornado cada vez mais importante nas ações de gestão do risco ou antecipação de desastres, visando minimizar seus efeitos ou evitá-los. As ações também são relevantes nas atividades de socorro às vítimas, assistência humanitária à população afetada, reabilitação dos cenários atingidos e a recuperação das áreas impactadas. Daí a importância de mobilizar as comunidades locais.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui