Sexta-feira da Virada Varginha 2018 será de serviço e diversão

Segundo dia da Virada vai espalhar atrações em vários pontos da cidade e promover a participação da comunidade.

A sexta-feira é aquele dia gostoso da semana em que sentimos a sensação do dever cumprido e queremos nos divertir e relaxar, não é? Então, que tal aproveitar com os amigos e a família a programação da Virada Varginha?  Se a correria da semana não permitiu, na sexta dá para contemplar o sol de um jeito que talvez você nunca tenha feito antes.  Um telescópio gigante na Praça Getúlio Vargas estará à disposição de quem quiser ver o sol durante o dia (das 11h às 13h) e as estrelas e planetas à noite no Memorial do ET na Vila Paiva (das 19h às 22h).  O astrônomo João Marcos de Almeida Pinto acompanhará a atividade para responder perguntas e curiosidades sobre o tema. O aparelho foi emprestado pelo Observatório Vaz Tolentino, de Belo Horizonte, em parceria com o Instituto de Pesquisa, Educação e Extensão em Arte Educação e Tecnologias Sustentáveis – IPEARTES, de Goiás.

A partir das 10h o Ponto de Informações sobre o festival será instalado na Praça Getúlio Vargas. Além de retirar gratuitamente o mapa guia, o público terá a oportunidade de participar de diversas ações como um posto de coleta de resíduos eletrônicos pela EcoBrasil e de vidros não quebrados pela Raneri, para serem destinados à reciclagem. Também estará por lá o palhaço Asterístico, de São Paulo. O personagem vai conduzir o “Varal Cultural”, uma das ações mais participativas da Virada. Quem estiver passando vai poder deixar uma mensagem, desenho, receita de bolo, ideia para o futuro da antiga Linha Férrea e até uma declaração de amor. Esse varal colorido e participativo será exposto durante o sábado (18), na Praça da Vila Flamengo.

Uma sociedade ativa e participativa precisa ter boa saúde, por isso, às 11h tem início ações de conscientização de combate à dengue, com a distribuição de cartilhas interativas, brincadeiras e sessões de teatro.

À tarde, também na Praça Getúlio Vargas, tem campeonato de Skate inusitado. Este ano, os alunos da Fundação Varginhense de Assistência aos Excepcionais – Fuvae serão os avaliadores dos skatistas. O coordenador-geral da Virada, Diego Gazola, explica que essa ação foi pensada justamente para mostrar à sociedade como os alunos da Fuvae conseguem interagir de forma participativa em qualquer ambiente. “Nós pensamos em como integrar os alunos da Fuvae à Virada de uma forma que eles pudessem se divertir e aprender. Além disso, ter pessoas tão especiais como juradas de um campeonato esportivo é a chance de a sociedade olhar para elas com mais humanidade e menos preconceito”, destaca.

Para encerrar o dia, cinema e música para os moradores do Parque Rinaldi 2, nas adjacências do Jardim Áurea. A partir das 18h, os DJ’s ValdLuca e Xandão se apresentam com o melhor dos anos 70, 80 e 90. Às 19h o muro dos fundos da Creche Municipal Célia Campos Tavares vai se transformar em uma tela de cinema para a exibição do filme BugiGangue no Espaço, uma animação 3D intergaláctica com a participação do personagem ET de Varginha.  “Queremos que a população passe o dia respirando a Virada Varginha deste ano, por isso, planejamos atividades em vários horários e em pontos diferentes da cidade, inclusive em bairros periféricos. Quem quiser participar da Virada vai conseguir ir ao menos em uma atividade na sexta”, destaca Diego.

Para ter acesso à programação completa da Virada Varginha, basta entrar no site www.viradavarginha.com.br, Instagram @viradavarginha ou ainda pelo Facebook /viradasuldeminas.

A Virada Varginha 2018 é um festival não governamental de cidadania mobilizado pela Muda de Ideia e Sakey Comunicação, alinhada com o Fórum Varginha 2050. O festival conta com parceria estratégica do Sebrae e é viabilizado pela Pedreira Santo Antônio e Grupo Unis. Conta também com o apoio da RN, Moinho Sul Mineiro e da Associação Feminina de Assistência Social (AFAS-Varginha).

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui