São mais de 2 mil alunos-atletas participantes dos Jemg em Minas Gerais

Foi aberta nesta terça-feira (9), em um evento realizado na Praça do Povo, em Carneirinhos, a edição segunda etapa dos Jogos Escolares de Minas Gerais (Jemg), que reúne 13 delegações de escolas das cidades de: Bela Vista de Minas, Dionísio, Ferros, Itabira, João Monlevade, Nova Era, Santa Maria de Itabira, Passabém Santo Antônio do Rio Abaixo, São Domingos do Prata, São Gonçalo do Rio Abaixo, São José do Goiabal e Rio Piracicaba.

Ao todo são cerca de 2 mil escolas participantes e aproximadamente 35 mil alunos-atletas, através de uma competição que acontece em 49 sedes de várias regiões de Minas Gerais. Até o próximo sábado (13), 41 escolas representando 14 municípios da região competem nas modalidades de basquete, futsal, handebol, vôlei e xadrez

O evento contou com a presença da prefeita de João Monlevade, Simone Carvalho Moreira (PSDB); do vice Fabrício Lopes (PMDB); vereador Leles Pontes, representando o Poder Legislativo; a supervisora regional Geralda Aparecida Dias, da Superintendência Regional de Ensino de Nova Era; o Secretário de Educação de João Monlevade, Teotino Damasceno; a diretora da Casa de Cultura, Claira Ferreira; o Secretário de Esporte e Lazer de João Monlevade, Mário César e o Superintendente da Regional do Vale do Aço, Nestor Fontes Moreira.

Geralda Aparecida, supervisora da Secretaria Regional de Ensino de Nova Era

Geralda Aparecida parabenizou João Monlevade por sediar a fase microrregional da edição 2017 dos Jemg e disse que “esse é o maior e o mais importante programa esportivo social de Minas Gerais e faz parte do programa de governo estruturador do governo do Estado. É uma competição esportiva educacional que contribui diretamente para consolidação do vínculo entre os alunos atletas e a escola, ajudando na diminuição da evasão escolar, alem de possibilitar a identificação de novos talentos esportivos. Promove a integração, a sociabilidade e o aprendizado de todos os adolescentes e jovens envolvidos nos jogos. Os Jemg constitui em uma ferramenta pedagógica importante na formação de cidadãos críticos e conscientes, estimulando o pleno exercício da cidadania de forma educativa e democrática. É o esporte como instrumento da educação global dos nossos estudantes”, disse a supervisora.

Prefeita Simone Carvalho deu as boas-vindas aos alunos-atletas

A prefeita Simone Carvalho fez abertura oficial do evento e deu boas-vindas aos estudantes. “Sintam se a vontade e sejam todos bem-vindos. Preparamos uma estrutura para este vento para que todos possam estar bem servidos e de maneira descontraída se sentirem em casa. O nosso desejo é que os jogos possam transcorrer dentro da maior normalidade possível, com todos imbuídos no mais digno espírito esportivo. Em um evento dessa envergadura e importância social, certamente o mais importante não é meramente vencer, mas sair daqui com a certeza de ter o congraçamento, a união e o respeito, que são importantes lições a serem aprendidas e gravadas para sempre no coração de cada um dos participantes. Nesse evento, que é o mais importante programa esportivo social do Estado, quero dizer a todos os representantes dos municípios co-irmãos, sintam-se em casa e sejam todos bem-vindos”, disse a prefeita de João Monlevade.

Participam da disputa alunos-atletas das escolas públicas e particulares nascidos nos anos de 2005, 2004 e 2003 (módulo I), e 2002, 2001 e 2000 (módulo II).

As alunas Lívia Ferreira, do Projeto Adolescente que vale Ouro e Natália Gomes Santos, da Escola Estadual Luiz prisco de Braga, fizeram a condução do fogo olímpico o juramento Olímpico, respectivamente.

Nestor Fontes falou sobre os benefícios que o evento trás ao município

Nestor Fones Moreira falou sobre a importância dos Jemg para a cidade. “Para o comércio será um movimento muito bom de crianças, que acabam consumindo aqui. Agora o mais importante é que vai melhorar ainda mais o esporte em João Monlevade, incentivando as pessoas a procurarem o esporte. Sabemos que o esporte hoje é um instrumento importante para educar e formar cidadãos. É este que é o nosso objetivo, criar atletas e pessoas saudáveis e que estão fugindo de drogas e tantas coisas ruins que estão por ai”, disse ele.

O encerramento do evento teve a presença da banda monlevadense “Deixa se Envolver”

A disputa ocorre em quatro etapas. A municipal é a primeira, de responsabilidade das prefeituras das cidades que queiram participar dos Jogos. Já as etapas microrregional, regional e estadual são organizadas pelo Governo de Minas Gerais, por meio da SEESP e da SEE.

Os campeões estaduais do Jemg representam Minas Gerais nos Jogos Escolares da Juventude e Paralimpíadas Escolares, competições de âmbito nacional.

 

 

 

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui