Os alunos, professores e funcionários deverão se postar de frente durante o ato cívico

O vereador Sinval Jacinto Dias (PSDB), apresentou durante a reunião Ordinária da Câmara dessa quarta-feira (22), um anteprojeto de Lei para obrigar as escolas de ensino fundamental e médio, de hastear e arriar as bandeiras do Brasil, de Minas Gerais e do Município, além de cantar os hinos, Nacional Brasileiro e da cidade, pelo menos uma vez na semana no início e no final dos turnos.

Os alunos, professores e funcionários deverão se postar de frente durante o ato cívico.

A Prefeitura deverá fornecer às escolas no mínimo um jogo de bandeiras por ano, quando houver necessidade.

“Atualmente vivemos um momento em que as pessoas se sentem patriotas somente em épocas de Copa do Mundo, quando compram roupas com temas dos símbolos nacionais ou até mesmo quando se arriscam a cantar o Hino Nacional. Em outros momentos é raro ver alguma criança cantando o hino ou acertar a letra, o que antigamente era normal aprenderem o Hino Nacional e o Hino da Bandeira nas escolas”, pontuou o vereador.

O projeto visa incentivar o patriotismo e valorizar os símbolos nacionais para não só as crianças do ensino fundamental, mas também os adolescentes e jovens do ensino médio possam continuar com essa figura cívica dentro de si, contribuindo em sua formação pessoal.

A proposta de Sinval ainda será votada em Plenário.

Publicidade

1 COMENTÁRIO

  1. Patriotismo é sinônimo de orgulho, não queremos reverenciar mensalão, nem lava jato, nem impostos exorbitantes. Implantar nos jovens esta falsa satisfação de ser brasileiro é como prometer para seu filho uma bicicleta de presente e dar a ele um tênis sem solado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui