A Prefeitura de João Monlevade, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, informa que o Sistema de Cadastro Único está temporariamente suspenso e não há previsão de retorno. A inatividade se dá por conta de ajustes feitos na nova versão do software nacional.

É por meio da plataforma online que profissionais de diversos municípios realizam a inclusão e atualização de dados no Cadastro Único, principal instrumento utilizado pelo Governo Federal para seleção de famílias de baixa renda para programas sociais, a exemplo do Bolsa Família, da Tarifa Social de Energia Elétrica e do Minha Casa Minha Vida.

O Cadastro Único é uma ferramenta que identifica e caracteriza as famílias de baixa renda, permitindo que o governo conheça melhor a realidade socioeconômica dessa população. Nele são registradas informações como características da residência, identificação de cada pessoa, escolaridade, situação de trabalho e renda, entre outras. Nele devem estar cadastradas famílias que ganham até meio salário mínimo por pessoa ou que recebam até três salários mínimos de renda mensal total.

Em nota, o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) e a Caixa informam que estão trabalhando para correção das falhas e o restabelecimento do sistema o mais breve possível.

 

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui