Um menor de 16 anos de idade foi apreendido por volta das 19h30 da noite desta terça-feira (04), por porte ilegal de arma de fogo e suspeito de participação no homicídio que vitimou Perón Douglas Fraga, 38, no dia de setembro no Bairro Nova Monlevade.

Segundo a Polícia Militar, durante patrulhamento pelo bairro Planalto, a equipe do Pelotão Tático Móvel (PTM), foi acionada por populares, informando que o suspeito, envolvido no homicídio, estaria ameaçando moradores da região com uma arma de fogo.

Os militares depararam com o menor e deram ordens para que ele se colocasse na posição de busca pessoal, mas foram desacatados e reagiu com socos e chutes contra os policiais. De acordo com a polícia, ele portava, na cintura, uma arma de fogo calibre 44 e teria a dispensado a arma dentro de uma residência próxima.

Após ser dominado foi efetuada a abordagem e busca na casa, sendo localizada a arma que estava municiada com dois cartuchos intactos.

Ainda segundo a polícia, ele teria ameaçado um morador caso testemunhasse contra ele.”Oh zé, você não viu nada. Fala merda pra você ver”, teria dito o suspeito.

Diante das ameaças, o morador não quis testemunhas contra o rapaz.

O menor recebeu voz de apreensão em flagrante por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, ameaça, resistência e violação de domicílio.

A mãe do suspeito disse para os policiais que o filho não mora mais com ela há cerca de um ano, e que atualmente morava com outro marginal e que ambos estariam envolvidos com o tráfico de drogas e com o homicídio ocorrido na semana passada no bairro.

Ele foi levado para a Delegacia de Polícia Civil, juntamente com a arma apreendida.

Publicidade

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui