Suspeito de matar 12 pode ter ligações com tráfico em Santa Bárbara e Catas Altas

Foto: Ana Cecília Carneiro/Itatiaia

Um homem suspeito de cometer pelo menos 12 assassinatos na Vila Bemge e em bairros próximos, em Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, foi preso nesta quinta-feira (3) em Felixlândia, na região Central de Minas. O suspeito negou as acusações e disse não saber de nenhum dos homicídios.

De acordo com as investigações, ele seria líder de uma facção criminosa que controlaria o tráfico de drogas nos bairros Jardim Teresópolis, Chácaras Santo Antônio, Vila Bemge e Invasão Mangueira. O grupo ainda teria ramificações em Belo Horizonte, Catas Altas, Santa Bárbara e Felixlândia. As informações foram divulgadas pela rádio Itatiaia.

Segundo o delegado Otávio Luiz de Carvalho, da Delegacia de Homicídio de Betim, as investigações começaram em 2017, quando um grande número de homicídios foram registrados na Vila Bemge e no Jardim Teresópolis. De acordo com o delegado, o suspeito entrou no tráfico aos 13 anos como aviãozinho de uma quadrilha e cresceu ao longo dos anos.

 

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui