A vítima passou momentos de terror nas mãos dos criminosos

Um taxista de 61 anos de idade, da cidade de Nova Era, viveu momentos de terror nas mãos de criminosos, durante uma assalto na noite desta sexta-feira (17).

Para a polícia a vítima contou que por volta das 16h30 de ontem, um homem chegou ao ponto de táxi, na rua Gaspar de Morais e solicitou uma corrida até um sítio que fica às margens da rodovia MG 120, saída para a cidade de São Domingos do Prata.

Anúncios
Continue lendo após o anúncio

Chegando ao local apareceram mais dois indivíduos com toucas, armas de fogo em punho e uma faca grande, anunciando o assalto gritando para a vitima, “perdeu perdeu”. Ele disse que se assustou e saiu correndo, contudo os autores lhe alcançaram e o colocaram dentro do porta-malas do veículo dele, um Fiat/Siena.

Durante o deslocamento, a vítima disse que conseguiu abrir o porta malas pela parte interna e se jogou do veículo em movimento, mas os autores novamente o alcançaram, e foi agredido com coronhadas na cabeça e com uma faca, e o jogaram novamente dentro do porta-malas. Disse que neste momento já estava com um intenso sangramento, e não tentou fugir novamente.

Ao chegaram no alto de uma cachoeira que fica na localidade de Alfié, zona rural da cidade de São Domingos do Prata, foi atirado pelos autores vindo a cair por alguns metros.

Ferido, ele ficou lá por cerca de 3h, vindo a sair somente na manhã deste sábado (18).

Funcionários da CENIBRA, que trabalhavam próximo, o viram machucado e o levou para o Hospital São José, em Nova Era, onde durante atendimento foram constatadas lesões na cabeça.

Além do carro da vítima, o Fiat/Siena placa PUC-0739, foi roubada ainda a quantia de R$120,00 e dois celulares.

Até o momento, segundo a polícia, nenhum suspeito foi preso e nem o carro da vítima encontrado.

Anúncios
Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui