Ainda não há informações sobre os autores do crime

Na tarde deste domingo, 23, por volta das 15h30 a Polícia Militar de Itabira recebeu uma informação de que duas pessoas teriam dado entrada no Pronto Socorro da cidade com ferimentos na perna provocados por disparos de arma de fogo.

Uma das vítimas de 32 anos, contou que trafegava com sue Taxi pela rodovia MGC-120 no bairro Pedreira, quando próximo da entrada da cidade, ao reduzir a velocidade por causa dos quebra-molas, percebeu que aproximou dele uma motocicleta aparentando ser uma Honda XRE-300, com dois indivíduos e que o autor da garupa portava uma arma de fogo de grosso calibre e efetuou um disparo contra a porta do lado esquerdo que o atingiu na região do joelho direito. O disparo atingiu ainda o joelho esquerdo do passageiro de 54 anos, que seguia no Taxi.

Após o disparo os autores fugiram e não foram mais vistos.

O taxista conseguiu levar o carro até a unidade de saúde onde foram atendidos e levados direto para o bloco cirúrgico.

Uma mulher que também seguia no veículo, não teria aguardado a chegada dos militares na unidade hospitalar.

O taxista informou aos militares que levava o casal da cidade de Santa Maria de Itabira, até a rodoviária da cidade, e que depois os dois passageiros viajariam para João Monlevade.

O perito da Polícia Civil compareceu ao local e constatou que o disparo foi efetuado de uma curta distância. Foi recolhida uma bucha de munição aparentando ser calibre 12.

Os feridos ficaram em observação na unidade de saúde, o veiculo após ser periciado foi liberado para um familiar do motorista no pronto-socorro.

Várias viaturas foram ao bairro Pedreira e região em rastreamento. O Serviço de Inteligência da PM também estava levantando informações para tentar localizar os autores.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui