TJD recorre de advertência a Guerrero e indica nova denúncia contra Rodrigo

Procuradoria do Tribunal considera a não punição ao atacante do Flamengo como inadmissível e enquadrará zagueiro do Vasco por agressão após pisão no adversário

Guerrero e Rodrigo terão que voltar à pauta dos tribunais. O Procurador-geral do Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD-RJ), André Valentim, vai recorrer no Pleno da advertência dada ao atacante do Flamengo no julgamento na última terça-feira e também vai apresentar nova denúncia contra o zagueiro do Vasco após ver as imagens do pisão dado no adversário. A Procuradoria considera inadmissível a não punição aplicada ao rubro-negro, que corria o risco de ser suspenso de quatro a 12 jogos por agressão, e enquadrará o cruz-maltino no mesmo artigo.

– Um ou dois jogos (Guerrero) até aceitaria, mas absolvição de jeito nenhum. Vai para o Pleno. Vou esperar sair o acórdão, deve sair entre hoje e amanhã e vou recorrer. Tem que cumprir no próprio campeonato. E quanto ao Rodrigo, não tinha conhecimento daquelas imagens do pisão. Vou denunciá-lo por agressão – afirmou.

Guerrero foi enquadrado no artigo 254-A (Praticar agressão física durante a partida, prova ou equivalente – pena: quatro a 12 partidas de suspensão), mas a defesa descaracterizou o lance para ato hostil (artigo 250 – pena: de um a três jogos), e o atacante recebeu apenas uma advertência pelos auditores terem considerado como uma reação à provocação do adversário.

Rodrigo, por sua vez, foi incurso no 258 (Assumir qualquer conduta contrária à disciplina ou à ética desportivo não tipificada pelas demais regras deste Código – pena: um a seis jogos de suspensão) e levou uma partida de gancho. Com isso, ele está fora do clássico contra o Fluminense, marcado para o próximo domingo, em Manaus – por conta de lesão muscular, o capitão cruz-maltino já era dúvida para a partida contra o arquirrival. Porém, a punição pode aumentar com a nova denúncia.

 

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui