A Secretaria Municipal de Obras, responsável pela Superintendência de Transportes e Trânsito (Transita), elaborou ajustes para reforçar as linhas do transporte coletivo que são mais demandadas nos horários de pico. A intenção é aperfeiçoar o plano que foi colocado em prática no último dia 14, quando passou a valer a determinação de que os ônibus só circulem com passageiros sentados. A medida visa evitar a superlotação nos veículos e minimizar a proliferação da Covid-19 em Itabira.

De acordo com o secretário José Maciel Paiva, as equipes de trânsito têm acompanhado todos os impactos e ponderações feitas por usuários desde que a medida passou a vigorar. Segundo ele, a determinação para transporte exclusivamente de passageiros sentados foi acompanhada de um reforço nas linhas, além de criação de novos itinerários. São 190 viagens diárias nos horários de pico, com a oferta de 7.220 vagas para passageiros, isso frente a uma demanda média de 4,5 mil usuários.

“Não há desfalque na oferta. O que tem acontecido é que algumas linhas específicas apresentam uma demanda maior que as outras. É isso que estamos acompanhando e analisando desde que o novo sistema passou a valer, sempre em conversa direta com a concessionária. A partir dessas observações e estudos, a equipe já coloca esses ajustes em prática nesta semana”, comentou o secretário de Obras.

Um dos exemplos citados por José Maciel é a linha que atende o bairro Santa Marta. Até ontem, os ônibus partiam do Santa Ruth e já chegavam ao bairro vizinho praticamente lotados. A partir desta quarta-feira (20) foi feita a inversão. O itinerário começa agora no próprio Santa Marta, para depois passar pelo Santa Ruth, onde os moradores têm outras opções de linhas e não dependem exclusivamente dessa que começará pelo bairro ao lado.

Foi feita uma mudança específica também para atender aos usuários da região do Santa Tereza. A linha que atende o bairro ganhou reforço no horário de pico da manhã para evitar atrasos e que passageiros fiquem esperando no ponto.

“O que estamos fazendo é encontrando soluções específicas para as demandas apresentadas. A mudança estabelecida é recente e atende a um pedido justo, que é diminuir a proliferação do coronavírus em Itabira. Há um tempo de maturação até que tudo esteja funcionando com perfeição. É por isso que estamos acompanhando de perto, fazendo os ajustes que precisam ser feitos, para atender toda a população com mais eficiência e segurança”, concluiu o secretário José Maciel.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui