TRE/MG confirma Marco Antônio prefeito de Itabira

O Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE/MG) confirmou, nesta quarta-feira, 25 de novembro, a eleição de Marco Antônio Lage, do PSB, como prefeito de Itabira. A decisão veio por unanimidade. Por 6 votos a 0, os membros do colegiado acolheram o recurso impetrado pelo chefe do Executivo eleito e derrubou a decisão de primeira instância que havia indeferido a candidatura de Marco Antônio a pedido do diretório municipal do PSC.

Todos os membros do colegiado do TRE seguiram o voto do relator, juiz federal Itelmar Raydan Evangelista, que acatou todas as teses de defesa e afastou qualquer irregularidade no cumprimento dos prazos de desincompatibilização no Instituto Minas Pela Paz e na Cemig. A mesma posição já havia sido manifestada pela Procuradoria Regional Eleitoral de Minas Gerais.

“A decisão do TRE, ainda mais da forma que foi, por unanimidade, só confirma tudo aquilo que eu disse durante toda a campanha. Toda a nossa trajetória, da campanha à vitória nas urnas com quase 51% dos votos válidos, foi pautada pela honestidade, e é por isso que eu sempre afirmava que estava tranquilo quanto à situação jurídica”, comentou o prefeito eleito de Itabira.

Ainda segundo Marco Antônio, o resultado no TRE resume bem toda a indignação manifestada pela campanha quando da decisão em primeira instância. “A postura ética é a marca de toda a minha carreira profissional e não seria agora, diante do desafio mais apaixonante da minha vida, que eu agiria diferente. Eu não enganaria as pessoas da minha cidade. E é este pensamento ético e correto que levaremos para a administração pública de Itabira”, completou Marco Antônio Lage.

Marco Antônio Lage foi eleito prefeito de Itabira com 33.141 votos, ou 50,59% dos votos válidos. Antes da confirmação da Justiça Eleitoral a respeito do prefeito eleito, o mesmo TRE/MG, por decisão monocrática do juiz federal Itelmar Raydan Evangelista, já havia considerado legal, no dia 14 de novembro, a candidatura do vice Marco Antônio Gomes, do PL. Os dois então, portanto, aptos para serem diplomados e tomarem posse como prefeito e vice.

“Foco total agora nos trabalhos de transição, que já começaram de nossa parte. Já nomeamos a nossa equipe e aguardamos a indicação por parte do atual governo para que tenhamos condições de assumir a Prefeitura munido de todas as informações essenciais, que é o que o povo de Itabira merece”, finalizou o prefeito eleito Marco Antônio Lage.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui