TRE-MG convoca eleitores para atuarem como coordenadores de acessibilidade

O TRE-MG está convocando eleitores para atuarem como coordenadores de acessibilidade em locais de votação em Minas Gerais. A função deles será auxiliar eleitores com deficiência ou dificuldades de locomoção a chegarem até a seção eleitoral e votarem com mais comodidade, além de prestar esclarecimentos sobre direitos como votar em uma seção de fácil acesso e ser acompanhado por uma pessoa de sua confiança na cabine de votação.

Em João Monlevade, a função será desempenhada por sete pessoas. Assim como os mesários, os coordenadores de acessibilidade precisam ter 18 anos e estar em dia com a Justiça Eleitoral.

Os interessados em atuar como coordenador de acessibilidade devem entrar em contato com a zona eleitoral  na qual são registrados como eleitores para se inscreverem.

Eles receberão treinamento para a função e itens de proteção (máscaras descartáveis, protetor facial e álcool em gel).

Regras e benefícios

Os coordenadores de acessibilidade não podem ser candidatos ou parentes de candidatos; membros de diretórios de partido político que exerçam função executiva; as autoridades e agentes policiais, bem como os funcionários no desempenho de cargos de confiança do executivo; nem pertencerem ao serviço eleitoral.

Os benefícios recebidos pelos coordenadores de acessibilidade também são os mesmos dos mesários. Eles receberão auxílio-alimentação de R$35 em cada dia de trabalho e dois dias de folga para cada dia trabalhado e de treinamento.

A inscrição para coordenadores de acessibilidade é diferente da inscrição para mesário. Quem se inscreveu como mesário, mas não foi convocado para atuar nessa função, pode se inscrever na sua zona eleitoral para as vagas de coordenação de acessibilidade.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui