Detentos dos Presídios, de João Monlevade e Itabira, participam do Encceja

Em Itabira o número pode chegar a 68 até o final das provas

O Encceja teve início ontem e termina nesta quarta-feira (9). Foto: Arquivo/O Popular

Em João Monlevade 13 detentos do Presídio da cidade participam das provas do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos para Pessoas Privadas de Liberdade (Encceja Nacional PPL), que tiveram início ontem (8) e termina hoje (9). A informação é do diretor da unidade prisional Melquiades Moreira França Júnior.

Já no Presídio de Itabira, segundo o diretor da unidade local Márcio Pedro,  ontem (8)  foram 30 detentos presentes nos dois turnos, manhã e tarde. Na manhã de hoje, 19 presos estão participando, sendo o mesmo número previsto para a tarde.  Ainda segundo o diretor, caso não haja desistência o número pode chegar a um total de 68 apenados inscritos, entre ontem e hoje.

Em todo o país, cerca de 98 mil pessoas, entre detentos e jovens que cumprem medidas socioeducativas, foram inscritos para fazer as provas. A prova beneficia aqueles que não concluíram os ensinos, fundamental e médio, no tempo certo e querem uma certificação. Em todo o país, aderiram ao exame 681 penitenciárias e 189 unidades socioeducativas.

O participante que conseguir a nota mínima exigida nas quatro provas objetivas e na redação tem direito à Certificação de Conclusão do Ensino Fundamental ou do Ensino Médio.

Já o participante que conseguir a nota mínima exigida em uma das quatro provas ou em mais de uma, mas não em todas, tem direito à Declaração Parcial de Proficiência. Para requerer a certificação, o participante precisa alcançar, no mínimo, 100 pontos nas provas objetivas e 5 pontos na redação

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui