Tribunal alerta sobre falsa convocação de mesários por e-mail

São necessários 720 mesários para atuar nas 180 seções eleitorais de João Monlevade

A Justiça Eleitoral alerta sobre e-mail falso que está sendo enviado sobre convocação de mesários que atuarão nas Eleições 2018. O mesmo contém links que pedem para imprimir protocolo de intimação e manual do mesário, dentre outras coisas. Esses links não devem ser abertos, pois podem conter vírus, e os e-mails devem ser deletados.

As mensagens eletrônicas enviadas aos mesários de parte das zonas eleitorais de Minas desde julho deste ano, em um projeto piloto, não têm links nem anexos. O eleitor convocado deve acessar o site do TRE e digitar o código de autenticação constante do e-mail recebido. Dessa forma, a convocação será validada. Outra forma de validação da convocação é o contato com o Disque-Eleitor (148).

Os mesários podem também ser convocados por carta simples. Nesses casos, também é necessária a confirmação da convocação por meio da página do TRE ou pelo telefone 148. Dentre outras vantagens, as novas formas de convocação dão mais agilidade ao processo e diminuem as despesas com o envio de cartas registradas ou com o contato pessoal diretamente na casa do eleitor – padrões adotados até a última eleição.

Para o primeiro turno das Eleições 2018, estima-se que serão necessários 190 mil mesários em todo o Estado para atuarem perante as mesas receptoras de votos nas zonas eleitorais. Nesta semana, estão terminando os treinamentos para capacitar os mesários de Belo Horizonte a exercerem a função.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui