Ex-jogador da seleção brasileira, potiguar Cacau comemora classificação para Copa do Mundo da Colômbia e reconhecimento, e divide méritos com jogadores

Sob a batuta de um técnico brasileiro, a seleção de futsal do Cazaquistão está classificada para a Copa do Mundo de Futsal Fifa 2016, na Colômbia. O potiguar Ricardo Sobral, o Cacau, ex-jogador da seleção brasileira, é o responsável por conduzir o país europeu a esse feito. Após a conquista, Cacau conversou com o GloboEsporte.com e se mostrou muito feliz com a conquista.

– Estarão as melhores seleções do mundo e o Cazaquistão estará presente. Para mim, é uma honra levantar a bandeira dos treinadores brasileiros e me sinto mais realizado ainda de estar no país há nove anos e ser respeitado, reconhecido e valorizado pelo meu clube, por minha federação. Posso dizer que foi o dia mais feliz da minha vida (terça-feira). Agradeço muito aos meus familiares que torceram muito em Natal, minha família, amigos e dizer que estou emocionado por essa vitória. Esses atletas são heróis em transformar o futsal do Cazaquistão em tão pouco tempo – destacou.

A trajetória para a classificação começou em dezembro do ano passado. No Grupo 5 da Eliminatórias Europeias, o Cazaquistão venceu a República Tcheca por 3 a 2. Depois veio o empate em 2 a 2 com a Eslovênia. A equipe fechou sua participação na fase de grupos vencendo a seleção da França por 4 a 2. O primeiro lugar na chave deu a vantagem de decidir a vaga para o Mundial em casa diante da Polônia. No jogo de ida, um empate em 1 a 1. Na partida de volta, a goleada por 7 a 0, na última terça-feira. Em êxtase com o desempenho de seus comandados, Cacau exalta a atmosfera do ginásio onde o jogo aconteceu.

– Fomos coroados com o melhor jogo da nossa seleção. Nossa torcida compareceu em peso. É muito bonito ver o progresso do futsal do Cazaquistão. As pessoas torcem como os brasileiros. Gritam, xingam os juízes, vaiam o adversário. É uma coisa incrível – relatou.

Essa não é a primeira importante campanha que o Cazaquistão faz sob o comando de Cacau. Em fevereiro, a seleção cazaque ficou com a medalha de bronze na Eurocopa de Futsal, ao bater a Sérvia por 5 a 2 na disputa do terceiro lugar. Esta foi a primeira participação do país no torneio continental. Além dos títulos pela seleção, Cacau faturou duas Copas da UEFA de Futsal, o mais importante torneio de clubes do continente, com o Kairat Almaty. Pelo clube cazaque, ele também venceu a Super Copa do Mundo FIFA de Futsal. Nestas conquistas, teve a companhia de brasileiros naturalizados como o goleiro Léo Higuita e o fixo Douglas Junior, que também é potiguar.

– Hoje posso dizer que me sinto realizado. Por ganhar duas Copas da Europa; por levar o Cazaquistão, pela primeira vez, ao terceiro lugar da Europa, isso há menos de dois meses; e agora levar o Cazaquistão pela primeira vez na história para o Mundial da Colômbia em setembro. Foi algo incrível – comentou.

A Copa do Mundo Fifa de Futsal acontece em setembro, na Colômbia. As cidades de Cali, Medellin e Bucaramanga receberão as partidas. Será a volta da competição à América do Sul após oito anos.

Cacau técnico do Cazaquistão futsal (Foto: Divulgação)Cacau comemora classificação do Cazaquistão para a Copa do Mundo de Futsal da FIFA 2016 (Foto: Divulgação)
Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui