Universitária é presa por denúncia de falso crime de roubo e estupro

O projeto visa aumentar a segurança na unidade e melhorar as condições de trabalho. Foto: Arquivo/O Popular

Está presa desde o dia 10 de maio no Presídio Feminino em Rio Piracicaba a universitária que denunciou um falso crime de roubo e estupro após sair do Campus da Universidade do Estado de Minas Gerais (Uemg),  no bairro Baú, em João Monlevade no final do ano passado.

Leia Também:

A Justiça expediu um mandado de prisão contra a jovem, de 21 anos, que deverá responder pela falsa comunicação de crime. O nome dela não foi velado pela polícia.

A Polícia Civil chegou a confeccionar um retrato falado do suposto autor do estupro, com base nas informações da estudante.

Em abril deste ano as autoridades policiais informaram, após reunião na Câmara com vereadores e Ministério Público, que para preservar a integridade da estudante não seria informado nada mais sobre o caso.

Advogados da estudante tentam habeas corpus para que a jovem responda pelo crime em liberdade, mas ela permanece presa por tempo indeterminado à disposição da Justiça.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui