Vacinação de idosos com mais de 90 anos tem grande adesão em João Monlevade

Idosos com idade acima de 90 anos e que residem em João Monlevade começaram a ser vacinados contra o coronavírus nesta sexta-feira (12). A vacinação ocorre em todas as unidades básicas de saúde do município.

Um sistema drive-thru foi organizado na Policlínica, onde 200 senhas foram distribuídas.  Desde cedo uma extensa fila de carros se formou no local. A primeira a chegar foi a dona Hilda Dias de Souza, 93 anos, moradora do bairro Belmonte. Acompanhada da filha, ela conta que levantou bem cedo para ir à unidade de saúde e estava ansiosa para receber a vacina. Ela brinca que nunca teve medo de injeção e que essa dose da vacina trará mais esperança neste momento. “Estou muito feliz em receber a vacina, se Deus quiser, tudo isso vai passar”, conta lembrando preocupada que netos tiveram a doença, mas que agora passam bem.

Outro que estava na fila, é o professor Clóvis Linhares Tomaz. Ele levou a mãe, Ana de Assis Tomaz, 90 anos, moradora do bairro Alvorada, para ser vacinada. Segundo ele, a vacina para o grupo de idosos chegou num importante momento. “Espero que futuramente ela possa abranger a todos os monlevadenses”, explica.

Aos 90 anos, Maria Celestina de Melo não se continha de tanta emoção na fila. Ela conta que no início ficou bastante receosa. “Mas entendi que vacinar seria uma boa e se Deus quiser vai dar tudo certo”, acredita.

Nascida no ano de 1919, Bernadina Barbosa era uma das idosas mais experientes na fila de vacinação na unidade Padre Hildebrando, no bairro Vila Tanque. Aos 101 anos e bastante lúcida, ela diz que ser vacinada contra o coronavírus traz mais calmaria. “É uma dose de esperança”, refletiu. Também na Vila Tanque, Maria Graciana Ângelo, 90, também estava na expectativa de receber a vacina. “Estamos vivendo um tempo de muitas dúvidas e incertezas, mas é preciso ter calma e antes de tudo, necessário ter fé. Vamos continuar com os protocolos de segurança com muita coragem e confiança porque Deus não desampara seus filhos. Graças a Ele o primeiro socorro já chegou”, disse emocionada.

Emoção

Esse foi um momento ansiosamente esperado. “Estamos muito felizes com o início de vacinação dos idosos. É um misto de emoção com alívio e esperança”, comentou a secretária de Saúde, Mirellié Marcenes Santos. A gestora da pasta acompanhou de perto o início da vacinação dos idosos na Policlínica e destacou a organização do processo. “Tudo vem ocorrendo dentro da normalidade. O sistema drive-tru funcionou como havíamos programado. Importante ressaltar que além do trabalho de toda equipe da Saúde, contamos com apoio logístico do Setor de Trânsito e Transporte da Prefeitura (Settran) e da Polícia Militar”, pontuou Mirellié.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui