Vacinas contra febre amarela vão para o lixo em Monlevade

Vacinação contra febre amarela continua em todas as cidades

Dezenas de vacinas contra a febre amarela foram parar no lixo em João Monlevade devido à falta de energia elétrica ocasionada por um blecaute na cidade no início desta semana. Além dessas vacinas, outras doses de vários tipos estragaram na geladeira por falta de energia e também tiveram que ser dispensadas. A informação foi confirmada pela administração municipal.

Com o descarte do medicamento, as unidades de saúde ficaram sem a vacina, com exceção das unidades de saúde do Centro Social Urbano (CSU) e santo Hipólito, que conseguiram manter a temperatura ideal das doses – que é de +2ºC a +8 ºC.

Novas doses de vacinas devem chegar hoje aos postos de saúde e, até a próxima segunda-feira (5), a vacinação deve ser retomada.

João Monlevade ficou sem energia elétrica por mais de nove horas, assim como algumas cidades da região. A falta de luz foi causada, segundo a Cemig, pela quantidade de raios que caíram, provocando o desligamento de um transformador na subestação da cidade de Itabira.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui