Vale e Defesa Civil de MG fazem simulados em cidades perto de barragens

Reunião preparatória com a população, em Santa Bárbara, ocorreu na última quinta-feira (Defesa Civil/Divulgação)

A Defesa Civil de Minas Gerais e a empresa Vale realizaram, nesse domingo (31), simulados para evacuação de moradores em três municípios mineiros: Raposos, Nova Lima e Itabirito.

Foram 14 reuniões preparatórias pela manhã e o simulado de evacuação ocorreu a tarde. Segundo a Vale, cerca de 8 mil pessoas participaram do exercício.

A Defesa Civil esperava receber 11 mil moradores. Ou seja, 72% do público esperado compareceu de fato. O exercício serviu para simular situações de emergência, caso uma das barragens da região chegue a romper.

Isso porque três estruturas de mineração próximas, a B3/B4, em Nova Lima, e as barragens Forquilha 1 e Forquilha 3, na área rural de Ouro Preto, tiveram o risco elevado para o nível 3, ou seja, risco iminente de rompimento.

Segundo a mineradora Vale, o aumento do risco não significa que as condições das estruturas pioraram, mas que os critérios de avaliação ficaram mais rígidos.

A Defesa Civil de Minas informou que, dependendo da barragem, as comunidades de Honório Bicalho e Santa Rita, em Nova Lima, seriam atingidas por rejeitos cerca de uma hora após o rompimento.

Já as comunidades envolvidas na simulação dos municípios de Itabirito e Raposos receberiam os rejeitos de mineração cerca de uma hora e meia após o rompimento.

O objetivo do exercício é organizar as comunidades para evacuar as áreas em tempo hábil caso haja o rompimento de uma das barragens.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui