Vereador Guilherme Nasser

O vereador de João Monlevade, Guilherme Nasser (sem partido) entregou ontem (5), carta com pedido de desfiliação do PSDB ao presidente da legenda, o ex-prefeito Teófilo Torres e também à Justiça Eleitoral. A sigla é a mesma da prefeita da cidade, Simone Moreira.

Há algum tempo Nasser tem demonstrado afastamento da base do governo. Ele não tem poupado críticas à administração municipal. Em sua carta de desfiliação, o vereador afirmou que não dá para permanecer no mesmo grupo da prefeita devido à divergência na atual gestão.

“Considero que os caminhos recentemente adotados na gestão municipal, que tem a Chefe do Executivo filiação a este meso partido, tem se desviado consideravelmente dos reais interesses de nossa população e, mais que isso, não tem demonstrando atitude democrática no sentido de escutar críticas e permitir ambiente sadio para a discussão de ideias. Penso uma João Monlevade muito diferente do que se tem desenhado em tempos atuais e, tendo em vista a absoluta falta de espaço neste partido para minha contribuição, torna-se inviável a minha permanência”, argumentou.

Nasser pontuou ainda que esteve filiado ao PSDB por 20 anos. Pela sigla, ele foi eleito vereador por três mandatos consecutivos, além de presidir a Câmara Municipal. “Nutro, por isso, considerável gratidão e sei reconhecer as inúmeras coisas boas desse tempo”, citou.

O vereador Guilherme Nasser apresentou a sua desfiliação no primeiro dia da “janela partidária”. A janela antes de eleições, inserida na legislação pela minirreforma eleitoral de 2015, é a única oportunidade em que o detentor de cargo eletivo proporcional, como o de vereador, pode mudar de partido livremente, sem risco de perder o mandato.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui