Primeiro sargento do Corpo de Bombeiros, Anderson Ferreira Dos Santos, foi homenageado pelos vereadores de João Monlevade com Diploma de Honra ao Mérito

Na noite da última quarta-fera (2), o primeiro sargento do Corpo de Bombeiros, Anderson Ferreira Dos Santos, foi homenageado pelos vereadores de João Monlevade com Diploma de Honra ao Mérito. O militar é monlevadense e atua no Batalhão da cidade de Itabira.

Durante a homenagem ao sargento, os vereadores cobraram resposta da administração municipal sobre a instalação de um Pelotão dos Bombeiros na cidade. Sutilmente, durante agradecimentos pelo reconhecido dos seus trabalhos, o sargento Anderson também falou sobre o assunto. Ele enfatizou a importância do trabalho dos Bombeiros e ressaltou gostar muito da profissão. “Nosso trabalho é muito bom. É muito gratificante servir ao próximo que queremos estar servindo aqui [em João Monlevade]. Por isso cobramos de vocês [vereadores]. Amamos ser bombeiro e a nossa profissão”, destacou.

Além do Diploma concedido pelo Legislativo de João Monlevade, em 2015, o sargento foi homenageado na cidade administrativa com o título de Honraria do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais como Destaque Operacional pelos relevantes trabalhos prestados à corporação. Recentemente, foi condecorado com a Medalha Da Ordem Do Imperador Dom Pedro II, sendo esta a maior honraria do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais. Além de sua atuação como bombeiro militar, Anderson também realiza atividades sociais.

Pelotão dos Bombeiros

Em fevereiro desse ano, a implantação de um pelotão do Corpo de Bombeiros em João Monlevade voltou à pauta de discussões depois que o comandante da 3ª Companhia Independente de Bombeiros Militar de Ipatinga, Marcos Vinicius Evangelista dos Santos, esteve na Câmara de Vereadores para falar sobre a questão.

O comandante explicou que os homens para a o 7º pelotão de João Monlevade seriam remanejados de outras unidades e a unidade seria instalada no bairro Sion. O custo da implantação para o município seria com materiais de escritório, telefone, internet e a cessão de uma área para construção da unidade operacional.

Entre os benefícios da instalação do pelotão em João Monlevade está a diminuição do tempo de respostas nos atendimentos. Isso porque hoje o deslocamento vem de Itabira.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui