proposta tem como objetivo homenagear os trabalhadores que mineram em Itabira “há mais de 100 anos”

Os vereadores de Itabira aprovaram, na reunião desta terça-feira, 19 de junho, o Projeto de Lei 52/2018, do vereador Paulo Soares de Souza (PRB), que denomina a Praça do “Areão” como “Praça do Minerador”. De acordo com o parlamentar, a proposta tem como objetivo homenagear os trabalhadores que mineram em Itabira “há mais de 100 anos”. “Estamos em contato com as empresas em busca de parcerias para transformar a praça em um museu a céu aberto. Será um ponto turístico de Itabira”, disse Paulo Soares.

O vereador usou a tribuna para falar sobre o projeto e aproveitou para lembrar de outra proposta de sua autoria que criou o Dia do Minerador no município, comemorado em 1º de junho. Paulo Soares, que também preside o Sindicado Metabase, comentou ainda sobre a notícia da exaustão das minas em Itabira. Na visão dele, o momento não deve ser de pessimismo, mas de união por mais geração de emprego e renda no município.

Ônibus fora do ponto

A Câmara aprovou também o Projeto de Lei 43/2018, de autoria do vereador Leandro Pascoal (PRB), que permite o desembarque fora do ponto de mulheres que usam o transporte coletivo a partir das 22 horas. A iniciativa, muito elogiada pelos demais vereadores, tem como objetivo evitar casos de violência contra a mulher, como assédio, assaltos, dentre outros.

Leandro Pascoal disse que propôs a matéria após conversar com diversas mulheres, principalmente as que trabalham ou estudam à noite. “Estamos vivendo um momento importante de campanhas pelo fim da violência contra a mulher e nosso projeto vem de encontro a esse propósito. O objetivo é contribuir com a segurança pública”, declarou o parlamentar.

Transferência de bens e relatório

Foram aprovados ainda os projetos de resolução 08/2018, que aprova os relatórios contábeis da Câmara referentes ao mês de abril, e o 10/2018, que autoriza a transferência de diversos bens da Câmara para a Prefeitura de Itabira. Os Projetos de Lei 95/2017 e 96/2017, que visa conceder Alvará de Localização e Funcionamento a empresas com pendências urbanísticas, foram retirados para vista pelo vereador Reginaldo das Mercês Santos (PTB).

 

 

 

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui