Os vereadores da Câmara Municipal de Santa Bárbara aprovaram, por unanimidade, o fim do recesso parlamentar dos meses de julho e dezembro durante a reunião ordinária

Os vereadores da Câmara Municipal de Santa Bárbara aprovaram, por unanimidade, o fim do recesso parlamentar dos meses de julho e dezembro durante a reunião ordinária que ocorreu hoje, 27, no plenarinho da Câmara Municipal. A votação ocorreu de maneia rápida e sem qualquer questionamento. Com isso, no mês que vem acontecem reuniões ordinárias nos dias 13 e 27.

O presidente da Casa, Juarez Camilo (PSDB), disse que a aprovação da mudança é benéfica e vai agilizar os trabalhos dentro do Legislativo. “Quando estava de recesso muitas vezes era preciso convocar reunião extraordinária, agora não terá mais essa necessidade. O fim do recesso é benéfico para todos e a Câmara deu um passo importante”, garantiu.

Ele destacou ainda que a mudança só foi possível graças a sensibilidade dos vereadores em mudar esse sistema. “É importante destacar o trabalho de cada vereador, isso mostra que eles estão atentos às mudanças dentro da Câmara. É preciso que todos nós continuemos com essa linha de trabalho de se ater ao mandato com respeito e responsabilidade – é o que a população espera de cada um”, comentou o presidente.

O vice-presidente Carlos Augusto Fonseca Bicalho “Guto” (PDT), também ressaltou a importância da aprovação do fim do recesso. “Parabenizo a cada vereador por ter votado nesse projeto que é algo fundamental para esse novo momento que a Câmara está vivendo e isso é resultado do trabalho de todos nós”, argumentou.

Quem também destacou o fim do recesso como algo positivo foi o vereador Geraldo Magela Silva “Gege” (PP): “desde o início fui a favor dessa mudança porque precisamos dar o exemplo e essa votação aqui hoje mostrou que a Câmara está caminhando de maneira positiva neste sentindo”.

O vereador Timóteo de Lourdes (PPS) também se manifestou sobre a mudança: “todos os dias nós temos demandas da comunidade. Eu gostei dessa mudança porque vai possibilitar a gente votar os projetos e requerimentos que beneficiam a população de maneira contínua”, explicou.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui