Vereadores querem ampliar posto de identificação e número de emissão de Carteira de Identidade

Todos os vereadores foram unanimes em parabenizar a equipe que trabalha no Posto de Identificação

O Posto de Identificação Américo Lopes, localizado na Câmara de João Monlevade, foi pauta de uma reunião nesta semana, entre os vereadores do Legislativo e a gerente do local, a servidora Tarsila Diniz . O encontro foi uma iniciativa do vereador Toninho Eletricista (PHS), que mostrou-se preocupado com algumas reclamações da população, em especial devido ao sistema de agendamento, que é exclusivo pelo telefone (31) 3852 4454, no horário de 9h às 11h, ou até terminar as vagas para emissão do documento. Segundo Toninho, é preciso alinhar esta questão junto aos vereadores, para que todos contribuíssem na melhoria do atendimento.

Além de Toninho, participaram da reunião o presidente da Câmara, Djalma Bastos (PSD), Leles Pontes (PRB), Cláudio Cebolinha (PTB), Revetrie Teixeira (PMDB), Fábio da Prohetel (PP), Lelê do Fraga (PTB), Vanderlei Miranda (PR), Pastor Carlinhos (PMDB), Gentil Bicalho e Belmar Diniz (ambos do PT) e Thiago Titó (PDT). O vereador Tonhão (PPS) foi representando por seu assessor parlamentar. Sinval Dias e Guilherme Nasser (ambos do PSDB) justificaram ausência.

Tarsila fez sua explanação. Segundo ela, o agendamento pelo telefone é para ofertar mais conforto ao cidadão, que não precisa enfrentar filas, e ainda, para dar mais segurança aos atendidos pelo posto e aos servidores em geral. “Prestamos um serviço de responsabilidade da Polícia Civil, mas não temos poder de polícia. Ao agendar, tenho que verificar no sistema o histórico do cidadão, para ver se está tudo certo para a emissão do documento. E se houver um com mandado de prisão em aberto, como garantir a segurança de todos nesta situação? ”, enfatizou Tarsila. Outro ponto abordado por ela é o crescente número de carteiras de identidade emitidas por dia. “Há um ano eram 10, hoje já emitimos 25 diariamente, com entrega imediata”, destacou a gerente do local.

Ainda segundo Tarsila, casos excepcionais, como idosos que vão ao local com certa dificuldade ou que não tem acesso ao telefone, e até pessoas com dificuldade de locomoção, são avaliados pela equipe, bem como as urgências. “Por isso priorizamos o atendimento por telefone, não tem jeitinho ou encaixe. Cada caso é avaliado. Lidamos com pessoas e nosso tratamento para com todo cidadão é cordial e profissional”, disse Tarsila.

Ampliação do posto e aumento do número de identidades

Ainda sobre a questão da emissão do documento, Tarsila destacou que já está em fase de finalização o planejamento para ampliação da infraestrutura do posto de identificação. Conforme afirmado também por Djalma Bastos, a ampliação da estrutura é para oferecer mais conforto, tanto aos servidores quanto aos cidadãos. “Paralelo a isto, queremos ampliar também nossa emissão de carteiras de identidade diárias de 25 para 40”, informou Tarsila. Desta forma, a Câmara emitirá por semana, 200 documentos deste tipo, com entrega imediata. Os equipamentos para atendimento desta demanda foram adquiridos por meio de licitação. As melhorias serão feitas a partir de janeiro próximo.

Posicionamento dos vereadores

Todos os vereadores foram unanimes em parabenizar a equipe que trabalha no Posto de Identificação. Eles destacaram que presenciaram a educação e o bom atendimento da equipe. As palavras deles foram endossadas por Djalma Bastos. “Estive em reunião com a chefia do Instituto de Identificação do Estado. Tive a felicidade de ser cumprimentado por eles, que afirmaram o profissionalismo do nosso Posto de Identificação”, destacou Djalma.

O presidente da Câmara ainda informou que estuda junto à Prefeitura a cessão de servidores para trabalharem no posto. Importante destacar que a Câmara já cedeu quatro servidores, capacitados pela Polícia Civil, para trabalharem no local. É estudado ainda a criação de mais cargos dentro do posto, para suprir a necessidade de atendimento. “Destaco que é determinação da Polícia Civil que os cargos sejam preenchidos por servidores concursados. E vamos sempre nos ater à legalidade, por isto estudamos esta situação com toda prudência”, enfatizou Djalma Bastos.

Ao fim do encontro, Toninho Eletricista agradeceu a presença os vereadores e os esclarecimentos feitos. “Nós vereadores precisamos destas informações para passar ao cidadão. Somos abordados sobre a dificuldade de agendamento e outras questões. Queremos contribuir para as melhorias no posto, que é um grande ganho ao cidadão e é a ele que deve servir”, disse o vereador.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui