Viatura da PRF de João Monlevade tomba e policial morre

A agente ficou preso nas ferragens e morreu no local

EXCLUSIVO

Anúncios

Num trágico acidente na madrugada desta quarta-feira (20), o agente da Polícia Rodoviária Federal que trabalhava na delegacia de João Monlevade, Eduardo Reginaldo, de 43 anos, morreu depois que a viatura policial capotou.

Continue lendo após o anúncio

O policial estava na direção do veículo, quando uma peça metálica, com cerca de 3 metros de comprimento que era carregada por um caminhão, que seguia na direção oposta, se soltou e atingiu o carro que percorreu cerca de 50 metros até capotar. Os dois agentes teriam desmaiado com o impacto. Outro policial, que estava no banco do passageiro, teve ferimentos leves. Os federais seguiam para averiguar uma denúncia de roubo de um caminhão, próximo a cidade de Antônio Dias.

O comandante do Corpo de Bombeiros de Itabira, tenente Marlon Medeiros, informou que o acidente que vitimou o agente foi registrado às 03h30, na BR 381, KM 325, sentido Ipatinga, próximo a cidade de Nova Era. A Unidade de Suporte Avançado do Samu de Itabira foi acionada pelos militares, porém após a retirada das ferragens que prendiam a vítima foi constato o óbito.

O motorista do caminhão que levava a peça, ainda não foi identificado.

O PRF Eduardo Reginaldo trabalhava há seis anos na delegacia de João Monlevade. O corpo dele foi levado para o Instituto Médico Legal (IML), de João Monlevade.

O velório ocorrerá no Cemitério da Paz, em Belo Horizonte, velório 2, a partir das 17h de hoje (20), e o enterro está marcado para amanhã (21), às 9h, no mesmo local

Nota de Pesar da PRF

“É com muito pesar que a Polícia Rodoviária Federal em Minas Gerais informa o falecimento do Policial Rodoviário Federal E. R. na madrugada de hoje, dia 20 de junho.

Acionados para atender a roubo de caminhão dos Correios, dois colegas do posto de João Monlevade se deslocavam para o local pela BR 381, mais conhecida como “Rodovia da Morte”. No meio do caminho, ao cruzarem com um veículo de carga, a viatura foi atingida por uma peça metálica que possivelmente desprendeu-se da carroceria, vindo a atingir a viatura e consequentemente o motorista. O outro colega que estava de passageiro saiu ileso, mas infelizmente perdemos o guerreiro, que tinha 43 anos e entrou na PRF em 2006.

A Superintendência Regional da PRF em Minas Gerais manifesta aos familiares e aos amigos do colega PRF suas condolências e sentimento de pesar neste momento de profunda dor.

Que Deus conforte a família e nos proteja!”

 

 

Anúncios
Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui