A medida vale enquanto durar a onda vermelha. Foto Aquivo/O Popular

As visitas de familiares de detentos estão suspensas na unidade prisional de João Monlevade, desde o início do mês de janeiro, quando a macrorregião, a qual está inserida a microrregião do Médio Piracicaba, regrediu para a onda vermelha do Programa Minas Consciente.

O programa é destinado à possibilidade de flexibilização das medidas de isolamento social de forma responsável em cada município, permitindo a retomada parcial da economia e observando o impacto no sistema de saúde.

A informação foi confirmada na manhã desta sexta-feira (8), para a reportagem do site O Popular, pelo diretor do Presídio, Melquiades França Junior.

Segundo ele devido João Monlevade estar na onda vermelha do Programa Minas Consciente, as visitas são proibidas para evitar a contaminação pelo novo coronavírus, dos apenados e servidores. “A visitação só acontece na onda verde ou amarela, segundo os protocolos da Secretaria Estadual de Saúde. Caso a macrorregião volte para uma delas, as visitas serão retomadas”, disse o diretor.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui